mp_slide_6.jpg

História

Sociedade Brasileira de Cardiologia – Bahia (SBC/BA)

Em 12 de Julho de 1947, no Ambulatório de Cardiologia “Prado Valadares”, do Hospital Santa Izabel, na cidade de Salvador, Bahia, foi lançado por Dr. José Moreira Ferreira a proposta de oficialização das reuniões que ali aconteciam, fundando-se uma sociedade, a qual foi aceita por unanimidade. Definiu-se que se chamaria “Sociedade Bahiana de Cardiologia”. Assim, o sonho de um grupo de médicos foi, sem dúvida, parte fundamental para concretização do anseio de toda uma classe. Clique aqui e veja a 1ª Ata.

 

A SBC/BA em pouco tempo tornou-se referência pela sua programação de eventos. Sempre voltada a estudos e reciclagem, está entre as melhores do país.

É a 5ª sociedade nacional de Cardiologia em número de sócios.

A Sociedade Brasileira de Cardiologia – Seção Bahia (SBC/BA) conta hoje com a Sociedade de Feira de Santana, a da Região Sudoeste – Vitória da Conquista, a do Sul – Ilhéus/Itabuna e dos grupos responsáveis pelas Jornadas de Santo Antônio de Jesus, Juazeiro e Porto Seguro. Além de 9 Departamentos e Grupos de Estudos médicos e não médicos, com um quadro de aproximadamente 800 sócios.

Promovendo cada vez mais o intercâmbio técnico-científico entre os cardiologistas e grupos especializados ao longo desse período, realiza congressos desde 1986. O Congresso da SBC/BA acontecia a cada dois anos e, após 1992, passou a ser anual.

Ao nos deparar com estes arquivos, começamos a fazer parte também desta história...

Além de conhecer sua trajetória, seus sócios, seus projetos, podemos comprovar sua importância para a cardiologia baiana e brasileira, após sua estruturação definitiva.

Graças à esta extraordinária evolução, a Bahia pôde sediar importantes Congressos Nacionais e do Norte Nordeste da especialidade.

Screenshot_19.png

Importante registrar, ainda, que dentre os cardiologistas tiveram a honra e o privilégio de serem presidentes da Sociedade Brasileira de Cardiologia os baianos: Dr. Adriano Pondé (1945/1946), Dr. Augusto Mascarenhas (1954/1955), Dr. Ruben Tabacof (1963/1964), Dr. Gerson Pinto (1975/1976), Dr. Gilson Feitosa (1999/2001), Dr. José Péricles Esteves (2002/2004) e Dr. Jadelson Andrade (2012-2013).

A razão social mudou para adaptar-se aos novos tempos, enquanto a atuação da entidade evolui em busca da perfeição, como era o sonho de seu idealizador. Assim, em sua fundação, tendo como presidente Dr. Adriano Pondé, o nome era “Sociedade Bahiana de Cardiologia”. Chamou-se Sociedade de Cardiologia do Estado da Bahia – SOCEBA, na gestão de Dr. José Carlos Brito; passou a ser Sociedade Brasileira de Cardiologia – Regional Bahia, e, por fim, para se adequar às normas da Sociedade Brasileira, na gestão do Dr. Mário Sérgio Carvalho Bacellar, primeiro Presidente vindo do interior do Estado, o nome até hoje vigente é Sociedade Brasileira de Cardiologia - Seção Bahia (SBC/BA).

A Diretoria de Publicações é a responsável pela edição do Jornal da SBC-BA, que divulga matérias científicas da cardiologia, além dos assuntos de interesse geral de nossa sociedade.

A SBC/BA possui sede própria, na Avenida Anita Garibaldi, 1815, Sala 06, Térreo 1, em Salvador – Bahia.

A sua infra-estrutura propicia o planejamento e a execução dos projetos para atender os sócios, tornando o intercâmbio de informações técnico-científicas mais fácil. Entre outros benefícios aos associados, oferece o serviço de pesquisa médica realizado em várias revistas nacionais e internacionais por um estudante de medicina e que está disponível a todos.